sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Fechamento do ano letivo...

Em outros tempos essa frase soaria como música para os meus ouvidos.
Mas não foi o meu ano letivo que acabou (ainda), foi o da minha princesinha Helena.

Uma mistura de angustia e felicidade!

Hoje, quando busquei suas avaliações e atividades do quarto bimestre, juro que senti um nó na garganta...
Angustia por ter que me despedir das "prôs" do Infantil 3 (Renata, Samara e Cia) tão dedicadas, carinhosas e competentes.
Angustia por pensar no possível sofrimento com a nova adaptação do próximo ano.
Mas elas, sabiamente, já anteciparam esta adaptação nas últimas semanas, colocando a nova professora em contato com os alunos, em doses homeopáticas... E foi ótimo!

E felicidade... Felicidade gigante por ver todo o progresso, todo o aprendizado, todas as fofurices que minha linduca fez durante esse ano.

Um filme passou na cabeça dessa mãe saudosista...
E lembrei da primeira tarefa do crachá, que veio a pesquisa: "Quantas cabeças tem na sua casa?" E eu, achando que estava abafando, comprei uma canetinha rosa pink, contei inúmeras vezes com a pequena a cabeça dos quatro integrantes da família e escrevi o número 4, bem grandão, bem rosa e bem lindo.
Mas não era eu quem tinha que escrevrer, era ela!
Como assim??? Minha filha só tem 2 anos e 10 meses, pensei durante a reunião, enquanto a diretora comentava a gafe dessa pobre mãe que vos escreve.
Mas sim, era ela quem tinha que tentar traduzir sua resposta... Mesmo que de um jeito pictórico e nada compreensível...
E a cada semana (toda quinta-feira, na tarefa exposta para visitas), uma supresa, um crescimento, uma alegria...
Em maio, a carta que ela escreveu para vovó Tininha foi publicada no jornal da Escola, e essa mãe babou.
E hoje, com 3 anos e 8 meses, minha princesinha escreve não só o número 4, mas todos os números, todos os nomes dos colegas, do papai, da mamãe, do irmão... Escreve cartas, disserta sobre os artistas trabalhados no projeto da escola, e fica tentando "ler" tudo o que está ao seu redor...
Foi avaliada no nível silábico, o que significa que reconhece os sons das sílabas e as reproduz, como ouve.
Mágica?
Menina prodígio?
Não!!!
Escola liiiinda!
Trabalho perfeito!

E estou orgulhosa! Não só com o resultado da nossa pequena, mas com todo o trabalho da Equipe Gente Miúda!
E estamos (papai e eu) felizes por nossa escolha!
E apesar de coadjuvantes de todo esse trabalho, temos muito que nos orgulhar...
Papai e eu participamos de todas as tarefas, todas as leituras, todas as pesquisas e de todas as criações.
Somos gratos por todo o aprendizado.
                                              
 
E mais do que isso, somos gratos por todo o carinho, cuidado e dedicação!!!
Valeu Gente Miúda!!!
E valeu filhinha por nos encher de orgulho viu???

Ah! E mãe coruja registra.
Então, registro que o Emanuel tá começando a soltar a língua...
Mas ainda não fala PARALELEPIPEDO e nem PINDAMONHANGABA.
Mas juro, assim que ele falar, venho correndo contar... Afinal, esse cantinho é deles e para eles.
E sou mãe pavão mesmo! E que mãe não é??? hahahaha...

sábado, 24 de novembro de 2012

A desobediência e os sermões

Crianças dormindo há mais de duas horas...
Papai descansando...
E essa mãe insone olhando posts antigos...
Saudosa...
Chorosa...
Pensativa...

Hoje briguei com Helena por três vezes.
Foram três castigos de 3 minutos cada.
Foram três sermões gigantes. E em um deles, acabei me excedendo e gritando mais que o normal.
E ela ficou assustada.
Disse "minha mamãe é mau".
E estou péssima desde então.

E não que eu queira me justificar, sei que tô errada por ter me exaltado, mas não tá fácil minha gente.
Helena tem desobedecido mais que o normal.
Marido fala que eu espero dela mais do que ela é capaz de oferecer... Que ela ainda é muito imatura pra discernir certas coisas... E que é uma criança esperta e desafiadora... E que estamos no caminho certo... Mas será????
Tenho achado que ela faz coisas pra chamar a atenção, e não acho isso bom, porque geralmente a criança que busca atenção é porque não a tem.
Então me questiono:
Estou dando a atenção que ela precisa? Onde estou falhando?
Evito computador quando estou com sozinha com as crianças... A não ser que seja algo urgente e de rápida solução.
Nos revezamos com os cuidados, de modo a deixá-los sempre percebendo que estamos por perto.
Me desdobro em cuidados com os dois... Brinco, assisto TV juntinho, converso, conto histórias, saio pra passear...
O que será que está acontecendo?
O que será que posso mudar?
Sou insegura. Muito!
E acho que ela percebe minha insegurança.

Tô angustiada hoje...
Me achando péssima mãe!

Então vou encerrar e continuar olhando meus posts antigos e matando a saudade de um tempo que era mais fácil...

Com o tempo, o cuidar fica mais fácil, mas o educar fica mais difícil.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Uma irmãzinha

E agora é assim...
Todo dia Helena pede:
_ Mamãe, me dá uma irmãzinha?
_ Eu quero tanto...
_ Pede pro papai do céu colocar uma irmãzinha dentro da sua barriga?

E eu bem que tento argumentar...
Digo que nossa casa é pequena, que uma irmãzinha teria que dividir o quartinho com ela, e que o quarto já é pequeno demais...
Mas ela acha boa a idéia de dividir o quarto!
Digo que uma irmãzinha vai bagunçar ainda mais seus brinquedos e suas brincadeiras. Que quando ela montar a casinha, a irmãzinha vai desmontar tudo, igual o Emanuel faz, porque será um bebezinho ainda...
Mas ela diz que arruma a bagunça, e que não tem problema.
Digo que a irmãzinha vai chorar de noite, e que ela vai querer dormir, mas não vai conseguir...
E ela diz que dorme no quarto da mamãe...
Digo um monte de coisas...
Mas não há argumentos...
Ela implora pela irmãzinha. E já até escolhe roupinhas e sapatinhos nas lojas de bebê.
E hoje, quando eu disse a ela que eu pediria pro Papai do Céu, mas que ela teria que ter paciência pra esperar, porque essas coisas demoram um pouco, ela disse:
_ Tá bom mamãe, então você fala pra ele que depois da irmãzinha é pra mandar outro irmãzinho também, igual o Emanuel tá bom?

Hum?!?!?! Como assim filha?!?!?!



quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Pra suspirar...

Cena 1
Helena, Emanuel e eu chegamos em casa.
Helena cansadona de uma longa tarde na escolinha.
Emanuel com a cara ainda amassada de tanto dormir.
E eu acabadona como sempre. Porque não durmo bem a noite, porque não posso dormir de dia...
Enfim... Deixa essa parte pra lá!

Então, Emanuel pede "tetê" da mamãe.
Eu sento e começo a amamentar a cria.
Nesse momento Helena chama:
_Mamãe quero fazê cocôôô!!!

E eu já começo a me ajeitar pra levantar, com a cria ainda grudada no peito, pra ajudar a outra cria a se limpar...
Quando escuto a fofurice:
_ Não mamãe, pode dar "tetê" pro meu irmãzinho, eu sou mocinha e já sabe limpar, tá bom?

Morri de paixão! E apertei até amassar!!!

Cena 2
Emanuel começa a fazer birra...
Nem sei qual era o motivo.
Na certa por ter sido contrariado.
O fato é que coloquei o pequeno no chão e disse que ele faria birra sozinho ali sentado... E saí de perto.
Helena, vendo a cena, sentou-se do lado dele, abraçou o irmão, olhou pra mim com a maior carinha de compaixão e disse:
_Tadinho mamãe, ele é bebezinho, não deixa ele aqui chorando não...
E eu, morrendo de pena dele e dela:
_Filha, a mamãe só tá tentando mostrar pra ele que fazer birra é feio, e que ele tem que parar.
E ela:
_Então eu vou ficar cuidando dele aqui até ele parar de chorar tá bom???

E apertei de novo...

Cena 3
Helena adora histórias...
E tem um livro que ela sempre pede pra eu ler: Sabe o quanto eu te amo?
Livro fofo.

Então, dia desses estávamos sentados na sala e ela me olhou, deitou na minha perna e disse:
_Sabia que eu te amo mamãe? Do tamanho do céu, ida e volta...E também o papai e também o irmãzinho... É a nossa "famila", né mamãe?

Apertei de novo...
Essa menina é muuuuito fofa!
E tomara que essa doçura dure pra sempre!
Amém!!!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Respiramos...

Lembra que contei do probleminha da Adenoide da Helena?
E da perda auditiva temporária, por conta de um acúmulo de líquido no ouvido esquerdo?

Daí que não digeri a história da cirurgia.
Sou neurótica lembram?
Não gosto de nada que me lembre hospital, injeção, repouso, ou coisas do tipo.
E, em se tratando de uma menina de 3 anos e meio, a angústia é ainda maior.

Então papai e eu nos colocamos a buscar novas opiniões.
E depois de 3 médicos consultados e um tratamento seguido a risca, veio a boa notícia: Helena está com a audição 100%!!! Vivaaaaaa!!!
E a melhor parte: segundo o especialista que consultamos, sua adenoide não tem indicação cirúrgica.
Ela está Ó-TI-MA!
Palavras do querido Dr. Samuel, médico otorrinolaringolista respeitadíssimo aqui pelas bandas do Goiás.
Então valeu viu Papai do Céu???

Então tá!
Agora sim mamãe e papai respiram aliviados...
E Helena também.
Nem roncando ela não está mais.
E quer saber?
Agora, até os xixis que escapam durante a noite soam como música para meus ouvidos, que estavam artormentados com o ronco da pequena. Não que eles fossem altos, mas me atormentavam de verdade viu?

E vale registrar Helena e deixar Emanuel?
Não, não vale!
Oh menino gostoso viu???

Então lá vai...
Meu arteiro tá terrivelmente arteiro.
Sobe no sofá e se joga desejando voar... E que Deus nos coloque sempre por perto.
Fala mamãããeee... Papaiiii... Tatá... Nenê... Auau... Aiiiiii... Fafá... Vovóóó... Tetêêê... Bóóó (Bola)... Bôôô (Acabou)... Doool (Gol)... Pipiiii... Taom (Tá bom)... E outras fofurices.
Escuta o portão abrir e já corre pra receber o papai.
Me beija muuuuuito antes de dormir. Uma delícia.
Pede o "tetê" da mamãe com a maior cara de malandro do mundo! E aí eu amasso...
Faz bagunça pela casa toda.
E agora descobriu que "destruir" a árvore de Natal é seu passatempo preferido.
Coitadinha da Helena viu?
Enquanto montávamos a árvore, na segunda-feira, ela disse toda sorridente:
_Mamãe, é linda nossa árvore né? Meu coração tá tão feliz!!!
E eu, babando com a felicidade e empolgação dela...
_ O meu também filhinha, a mamãe adoooora o Natal.
E ela, já olhando o irmão jogando tudo no chão.
_Ah mamãe, mas o Emanuel não vai deixar nossa árvore arrumadinha, ele vai estragar, e aí o Papai Noel não vai vê nossa casa enfeitada...
Oh dó!!!
_ A mamãe arruma de novo filha! Prometo!

E agora, todo dia, além de recolher brinquedos, tenho a tarefa de redecorar a árvore de Natal, com o que resistiu bravamente ao terremoto Emanuel.

E é isso!
Aiiiiiii... que delícia esse climinha de Natal já começando.
Adooooro!

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Um pouco (ou muito) de mim...

Sou aquariana.
De personalidade forte.
Forte, mas mansa. Tem horas que mais forte que mansa, e em outras, mais mansa que forte.
Sou família... E não falo só de marido e filhos não... Amo todo o conjunto: irmãs, pais, sogros, cunhados, cunhadas, sobrinhos, primos, tias... Almoço na varanda da cunhada, na piscina da irmã, na casa da mãe, da sogra, no sítio do tio, etc...
Sou viciada em falar dos meus filhotes...
Carente.
Metódica.
Durona... Tenho dificuldade pra perdoar, mas se perdoo, é de verdade!
Faladeira! E essa é minha principal característica.
Para uns é defeito, e para outros, qualidade. Para mim, é o que sou e pronto!
Juro que não consigo ser diferente.
Já tentei... Mas não deu...
Acho que é herança da minha mãe... Ei Dona Tininha que fala viu?!?!?!
E foi sempre assim...
Cresci vendo e ouvindo as risadas, as bobagens e a simpatia da minha mãe.
E quer saber? Amo de paixão!
E não há no mundo uma mulher que eu considere mais lindona e bacana e simpática  do que ela.
Queridaça por todos que a aconhecem.
Talvez por isso eu goste tanto de escutar que sou parecida com a minha mãezinha.
É o que quero ser!!!

Falo, dou risada, brinco com todo mundo, tento medir o que falo e com quem falo (e acho isso um saco), dou atenção, dou colinho, me preocupo, dou conselhos, tento ajudar, não desrespeito e não invado, dou "rata" e tudo mais...
E depois fico pensando... Será que ele(a) ficou chateado (a) comigo? Será que me interpretaram mal? Será? Será? Será? E alugo o ouvido do marido com meus "serás"... E ele sempre tem algo de bom pra me dizer... Algo que me fortalece. E que me ensina.
Sou insegura.
Muito.
Tenho mania de querer agradar a todos...
Se agrado?
Nem sempre!
Mas nem Jesus Cristo conseguiu tal façanha, né mesmo?

O fato é que decidi (graças aos ensinamentos do maridão) fazer o que gosto, do jeito que gosto, ao lado das pessoas que gosto de verdade... Sem me importar tanto com a opinião alheia.
Decidi dar valor ao que de fato tem valor.
Decidi buscar uma vida de verdade.
Amigos de verdade.
E desde que comecei a viver assim percebi que tenho vivido melhor... Beeeem mais feliz!
Mais tranquila sabe?
Como diz minha mãe: _ O que não te enaltece em nada te acrescenta. Então, afaste-se.
Não disse que minha mãe é demais?!?!

Sou feliz! Alegre! Brincalhona! Um tanto palhaça! Faladeira! Mas sou do bem...
Não desejo, por exemplo,  mal a ninguém... Só uma viagem pra Lua! hahahaha... Brincadeirinha.

Ah gente, vamos combinar né?
Já passei por cada perrengue nessa minha vida, que daria até um livro...
Estudei sem ajuda NENHUMA (só do governo) e sobrevivi... E até hoje não sei como?!?!
Em meio a um monte de problemas e sofrimentos, fiz duas amigas na Universidade que foram meus grandes presentes, minhas jóias, minha força (Dê e Mi).
Ralei muuuito pra conquistar o pouco que tenho... E pra mim, tá de bom tamanho.
Lutei com unhas, dentes e hormônios para ter um filho... Até contra a morte... E hoje tenho dois! As riquezas da minha vida.
Suei a camisa para conquistar meu lugar ao sol... Sem nunca derrubar ninguém... E sem nunca desejar nada de ninguém.
E até pra conquistar o marido... Foram anos de insistência e bilhetinhos apaixonados... hahaha...
E valeu a pena viu?!?!?!

E agora, quando olho pra trás, só vejo uma explicação: Deus é bacana comigo viu???
Então é porque devo ser gente boa, né não?
Será?
Se não for isto, então não sei...
Mas prefiro pensar assim!
É melhor pra minha autoestima... hahahahaha...

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Mais uma da Helena

Então que nas segundas e sextas-feiras, pela manhã, o papai é o "cuidador" das crias.
Enquanto mamãe trabalha, é ele quem brinca, dá banho, dá comida, leva Helena pra escola e tudo mais...
Mas isso, todo mundo que acompanha nossa "saga" já sabe bem.
O fato é que hoje, por engano, a secretária do consultório do papai marcou uma paciente para as 9h, horário em que as crianças já estão serelepes e saltitantes pela casa.
Papai decidiu então levá-los para o consultório, para passearem depois e para que pudessem ficar juntinhos, e também para que a secretária aqui de casa pudesse limpar tudo mais tranquilamente.
E foram...
Como seria um atendimento rápido (uma manutenção ortodôntica - é assim que fala???), Helena e ?Emanuel entraram na sala para ver, ela ficou sentadinha na cadeirinha vendo um livrinho. E ele olhando tudo ao redor.
Papai começa.
A secretária por perto.
E Helena solta a pérola:
_ Aiiii... Queeee nojento!
_ Nossa papai, que nojento é isso!!!

Fez-se um silêncio.
E ela repete:
_ Nossa... Isso é nojento né papai?

O silêncio permaneceu.

E eu quase morri de rir quando soube.

Ah! Criança é inocente né gente?
Fala o que sente! E eu acho isso o máximo, contando que não me chame de feia, as outras verdades, pode dizer... Tá tudo certo!

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Horário de Verão

O horário de verão começou...
E nesse "lar doce lar" as coisas começaram mais ou menos assim:
Filhos comendo pouco (almoço e jantar).
Filhos dormindo mais tarde.
Filhos acordando cedo (ao contrário do que se esperava).
Sono da tarde (do Emanuel) um tanto atrasado... E como a soneca é longa, acabou atrapalhando o horário de buscar a irmãzinha na escola. Ainda bem que tenho uma amigona que a trouxe pra mim...
Valeu Cinthya!!!

E pra finalizar, pais com raiva, muita raiva do horário de verão!!!
Afinal, uma nova rotina deverá ser iniciada né? E todo começo é difícil...
E vambora dormir pra entrar no ritmo também né mamãe?

domingo, 21 de outubro de 2012

É personalidade...

Emanuel tem um gênio forte.
O menino é de personalidade!!!
Nem imagino a quem puxou... (Que meu pai não leia, mas isso ele herdou do vó Martins) hehehehe...
Helena pega algo que seja do interesse dele e o pequeno já solta o grito...
E não pára só no grito não... Faz cara de bravo e emburra. Olha fixamente pros olhos de quem o contrariou e fica um tempão analisando e esperando ser "obedecido" só com o olhar...
Posso???

E quando alguém se aproxima com aquele famoso : _Oi neném lindo... Tudo bem?
Pronto! Ele vira a cara, faz cara feia e me mata de vergonha...

E as birras?!?!?!
Proporções gigantescas... E por nada... Não são longas, mas são inesperadas e chatééérrimas!

Fase??? Sei lá viu... Só sei que ando meio passada... Eu acho.
Esses dias uma amiga falou: _ Ara, eu te acho tão tranquila, você nem se abala né?
Não me abalo?!?!?!
Mal sabe ela o quanto.
Birras me abalam siiiiiim.
Mas confesso: não tenho forças pra mostrar... Então, deixo pra sofrer depois...
Sempre explico, corrijo, não cedo, mas sinto que ele ainda não me entende...
E insisto... Mesmo ficando com cara de boba diante de todo mundo.
E quase sempre fico!

Mas tô sempre mme questionando... Por que será que eles são tão diferentes???

E como fica minha Helena diante disso tudo?
Depende...
Se está tranquila, fica alheia a tudo... Ignora a birra e todo show que vem depois.
Se está com sono, aproveita para birrar também... E disputa pra ver quem me enlouquece primeiro.
E se está agitada, provoca o irmão rindo e fazendo gracinha, porque já percebeu que isso o deixa ainda mais irritado... E quando ela faz isso, eu morro de rir (disfarçaamente)... Porque surgem coisas muuuuito engraçadas. Até o Emanuel acaba achando graça no final...

Ah! Mas ele é lindo gente! Deixa eu falar bem agora?
Ele tá super gostoso...
É mãmãnhêêê daqui, papaaaaaaiiii dali, tatááá de lá e bóóó (bola) pra todo lado...
Fuça até onde não alcança.
Já descascou a parede do meu quarto e quebrou vários pratos...
É um grude com a mamãe.
Pede mamá do jeito mais gostoso do mundo.
Pede beijo pra tatá quando ela vai pra escola.
E sempre que entra no carro para buscá-la já começa a chamar por ela...
Beija tudo que é da irmã enquanto ela está na escola.
E faz cada carinha fofa que dá vontade de morder...

E é isso!













Até!

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Rotina (by Super Nanny)

O esquema Super Nanny está a todo vapor nesse lar.
E não é que funciona?!?!?!
RO-TI-NA. Adoro essa palavra!!!

Explico.
Papai e eu montamos um esqueminha de revezamento para que pudéssemos fazer alguma atividade física...
Comecei em dezembro do ano passado, com umas caminhadas (desesperada para emagrecer antes do Natal) e no início do ano elas evoluíram para umas corridinhas de leve... E tomei tanto gosto de março pra cá (mês em que comecei a emagrecer de fato), que agora tô super disciplinada! Uma gracinha!!! Orgulho da mamãe e do maridão... hahahaha...
Papai começou na academia em julho, e está disciplinadíssimo... Mas com ele o problema é mais postural do que estético.
O fato é que, desde julho, começamos nosso revezamento: um vai e o outro fica. O que vai, sempre sai depois das 21h, e o que fica, cuida das crias!
Resultado:
Helena dormia cedo, na maioria das vezes, mas Emanuel passou a vigiar... Ficava esperando pelo papai ou pela mamãe... E com isso, acabava dormindo sempre perto das 23 horas.
Canseira né?
Pode parecer que nem é tão tarde assim, mas é depois que eles dormem que eu sento aqui no computador pra trabalhar, escrever no blog, fuçar no facebook e tudo mais...
Acabo dormindo muuuuito tarde quando tenho provas para corrigir ou elaborar.
E para eles também não é bom essa rotina de sono desregulada.

E uma pausa para um esclarecimento... Meu computador fica ligado o dia todo - online -  muitos já notaram isso né? Pois é, se eu desligo ele demora para ligar novamente... Computador de pobre minha gente.
Mas não posso me dar ao luxo de sentar diante dele quando meus pequenos estão acesos...
Impossível! Filhos arteiros... Sabe como é? Se não sabe, vem me visitar!

Voltando ao que interessa...
Diante do nosso cansaço, decidimos aplicar a técnica da Super Nanny.
20h - luzes diminuídas, TV desligada, crianças vestindo pijama e escovação dos dentes;
20:30h - crianças na cama e berço.
Helena foi transferida para a caminha que fica no quarto do irmão. Mas ela sabe que assim que dorme, vai para o seu próprio quartinho.
Ficamos (eu ou papai) sentados no chão do quarto.
Contamos uma historinha (Helena sempre pede) e depois ficamos em silêncio.
Helena dorme rápido. Geralmente, antes das 21h.
Já o pequeno resiste um pouco mais... Pula no berço, pede pra sair, resmunga um pouquinho, etc...
Mas o primeiro dia foi o mais difícil... 1h 48min.
Segundo dia, menos de 1 hora.
Terceiro dia, 1h 14min.
Quarto dia, menos de 40 min.
E hoje, menos de 30 min.
Juro que tô cronometrando...
E estamos muuuuito felizes com o resultado!
Dá certo mesmo!
Pelo menos aqui tá funcionando...
E que bom ter um tempinho com maridão, né não???

Sim, o pequeno ainda acorda de madrugada querendo o tetê da mamãe...
Ah! Mas já é um progresso ele estar dormindo sozinho, né?
Eu acho!

E já indiquei o esqueminha pra uma amiga e tá funcionando.
Já vou começar a prestar consultoria... Hahahaha...

E é isso!
Agora vou dormir, antes que meu pequeno me solicite!
Beijinhos...

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Da terceirização...

Sempre sonhei com a maternidade. Muito mesmo! E por um longo tempo...
E no auge dos meus devaneios me via amamentando, acordando a noite, trocando fralda, dando comidinha, brincando no chão, levando ao pediatra, ensinando coisas certas e algumas erradas... Enfim, me via MÃE!
Nunca desejei ter babá, ou coisa do tipo. Ainda bem, porque eu nem tenho como ter uma!!! hahaha...
E que fique claro: não critico quem tem! Mas sempre quis cuidar da minha cria sozinha. Sei lá, coisa minha mesmo!

ela chegou... E parecia fácil.
Mas, de cara, me vi sozinha... Só papai, ela e eu!!!
Então tive que ser mãe, enfermeira, dona de casa, esposa, psicóloga (de mim mesma) e outras cositchas mais.
O fato é que por muito tempo segurei a barra direitinho e até senti orgulho de mim...
Com uma criança de pouco mais de 1 aninho, limpava a casa toda, lavava a roupa, cuidava das papinhas, brincava, saía com a cria pendurada pra fazer tudo, até pra dar aula comigo e, quando ela não ficava com a secretária da escola ou do consultório do papai, dava aulas com ela no meu colo mesmo!
E você deve se perguntar: como? Assim mesmo, com ela quietinha assistindo ou sentada no chão brincando...
Se era desgastante?
Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuito!
E tinha dias em que eu pensava: mulher, você me enche de orgulho, mas será que vai aguentar???
E será que é assim que deve ser?
Tinha dó dela e de mim... E não era bom esse sentimento.
Mas eu não queria dividir nada e nem terceirizar...
E por isso, estava sempre cansada!

Então, veio a realização de um novo sonho...
Grávida de novo!
E agora? Vou dar conta???

Surgiu então um "anjo da guarda" que passou a me ajudar com a casa e o fogão.
E assim pude ter um pouquinho mais de tempo pra minha barriga e pra minha filhota...
Hum... Delícia!
Mas ainda tinham coisinhas que eu fazia questão de cuidar eu mesma... Da Helena, por exemplo.
Banho, comida, televisão, brincadeiras, natação, passeios... Eu precisava me ver protagonista de tudo isso.
E é claro que papai sempre protagonizou comigo. E sempre desempenhou com grande habilidade seu papel.
Nosso esquema de revezamento com os cuidados com a nossa pequena sempre foi lindinho. Funcionou muito bem.

E ele chegou...
E contrariando todos os palpites, foi um início super tranquilo.
Tive uma licença maternidade de 9 meses. E, embora tivesse que dar uns "pulinhos" na escola de vez em quando, tudo corria mais tranquilo do que eu esperava.
Mas não dá pra ser uma Ciência Exata, né?

Pra dar banho em um, tinha que deixar o outro (ou a outra) com minha secretária (Fafá) algumas vezes.
Pra amamentá-lo com tanquilidade, pedia para a Fafá brincar com ela.
Devagar comecei a ver Helena e Emanuel brincando e recebendo cuidados de uma terceira pessoa.
Fui me libertando da minha angústia e monopolização.
Hoje, se preciso sair a tarde (e quase sempre preciso ir a escola, por uma ou duas horas), horário em que Helena está na escolinha, faço ele dormir e saio tranquila, porque sei que caso ele acorde, encontrará alguém cheio de carinho... E que em pouco tempo mamãe chegará cheia de amor...
E pensei que isso fosse me ferir ou me fazer sentir menos mãe, ou menos capaz!
Que doideira né?
Hoje vejo que terceirizar minha casa e pedir uma ajudinha com as crianças foi, e tem sido, mais saudável.
Estou mais disposta.
Mais feliz.
E cheia de amor pra dar!!!
Ainda que casadona...

Ainda nos revezamos com os cuidados... Tentamos estar sempre por perto... Não por falta de confiança, ao contrário, confiamos sim na nossa Fafá... Só achamos que, para eles e para nós, é importante que nos vejam sempre por perto...
E continuamos (papai e eu) meio centralizadores ainda... Mas melhorando a cada dia... Sem neuras!

E juro: continuo me sentindo uma mãe super presente! Cheia de energia! Uma dona de casa de muita sorte! E uma esposa cheia de disposição!!!

É minha gente, terceirizar alguns afazeres tem grandes vantagens viu?

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Voltei...

Na verdade, voltamos...
As notícias vieram também!

Retorno da Helena na Otorrinolaringologista hoje (que nominho difícil e grande heim?).
Líquido diminuindo gradativamente...
Mas ainda é indicação cirúrgica.
E continuamos positivos!
Retornaremos no próximo mês para mais uma audiometria.
Até lá, esperar!
Mas ela está se sentindo bem...
Apesar desse calor infernal e desse tempo seco ao extremo!

E oh, definitivamente, São Pedro não tem filho pequeno, né não?
Poxa vida, eita tempinho que atormenta as crianças minha gente!!!
E todo o resto do mundo!
Colabora aí São Pedro! Por favor!!!
O Goiás já virou sertão!!!

Enquanto isso...
Helena corre atrás do irmão...
Que corre atrás do papai...
Que corre atrás da Helena...
Enquanto mamãe respira, ou lava pratos, ou organiza brinquedos, ou faz xixi, ou assiste a bagunça toda apaixonada e cansada!!! E de vez em quando, corre também...

Mentiram os que disseram que menino é mais arteiro...
Sim, Emanuel é muuuuuuuito arteiro! E os pratos até já correm dele...
Mas Helena também é. Na mesma proporção.
E querem saber?
Tenho achado tudo normal...
Criança faz arte mesmo... E tem que fazer...
Sinal de saúde, felicidade e esperteza, como diz minha mãe!
E é!!!
Desobediência, birras e outras "feiuras" me incomodam bastante, confesso. Mas "arte", já não mais!!!

E vamo combiná que criança arteirinha também é engraçadinha...
Ah, às vezes é...
Bom, eu acho!
E tenho que achar.
Os meus são!!!

E já vou avisando: melhor não "reparar" muito, senão paga a língia viu?!?! hahahahahahahahaha...

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

E nem tudo são flores...

Há cerca de dois meses comecei a notar algo estranho no comportamento da Helena...
E não tô falando de desobediência, agitação e toda essa ladainha...
Falava com ela e ela não mostrava entender...
Pensei: Será que Helena tá me escutando???
Fiz vários testes (do meu jeito) e continuava com a dúvida... Será????
Desabafei com papai... Que também testou... E ficou na dúvida... Será???

Levamos ao médico.
Exames... Mais exames... Testes... E mais exames...

E vem o diagnóstico: Adenóide!
Tá...
Tudo bem... Dá pra tratar né?
Isso é bem comum...
E eu já desconfiava, porque ela tem roncado muito durante as noites...

Mas e o ouvido?
Diagnóstico: perda temporária de parte da audição do ouvido esquerdo.
Causa: acúmulo de líquido (secreção), provavelmente derivado de um resfriado...

Esse diagnóstico caiu como uma bomba pra nós...
Tadinha da nossa pequena...
Papai e eu ficamos (e estamos) muuuuuito tristes!
Como isso aconteceu?
Será que foi displicência minha?
O que pode ser feito?

A orientação: cirurgia pra retirada da adenóide!
Segundo os médicos (já consultamos 2), após a retirada, a audição volta ao normal...
Mas ainda estamos receosos...
E decidimos insistir num tratamento primeiro!
Talvez ela tenha que colocar um tubo de ventilação...
Mas talvez o tratamento dê o resultado que desejamos e o líquido desapareça...

O mais estranho é que ela nunca teve nenhum tipo de infecção de ouvido, nem dor no ouvido...
Nunca manifestou nenhum incômodo...

E hoje, quando a busquei na escola, a professora sinalizou que já nota sua dificuldade pra ouvir os sons das sílabas pronunciadas (fica pedindo pra repetir), e que portanto está sentando com ela pra repetir as palavras cuidadosamente, já que a alfabetização da escola é feita pelo som...
Barra né???

E estamos aqui...
Sofrendo e cuidando da nossa princesa...
Com a esperança que logo logo ela volte a escutar bem direitinho...
E esse pesadelo acabe...

Já tô até querendo as birras novamente viu??? Juro!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

As birras e a solução...

Voltei.
Com uma canseira que transcende meu ser... hahahaha...

Emanuel continua acordando pra mamar durante as madrugadas. E sei que ele não tem fome. Mas eu tenho sono... Muito sono... Então acabo cedendo!
E tem dias que o sono é tão grande, que amamento dormindo, na minha cama. E também sei que é errado... Mas acho mais errado ainda eu não dormir, confesso!
E o menino mama pra caramba... Meu Deus, como cabe? E meu Deus, que dor ando sentindo... Parece início de amamentação...

E noite dessas ele dormiu a noite toda, mas foi só pra me iludir!

E tirando o sono de lado...
Ele tá fofo...
Gostoso meeeesmo!
Arteiro... Conversador... E muito birrento!

Aliás, a birra já faz parte da minha vida!!!
Contei da Helena no post passado?

Então...
Decidimos tomar uma medida disciplinadora!!! hahahaha...
Montei um quadro de adesivos, que foi colocado atrás da porta do quarto.
A cada atitude linda e educada e fofa e delicada e tudibom, ela ganha um adesivo...
A cada atitude feia ou desobediente, perde um adesivo...
E quando perde choooooooooooora...
E quando ganha pula, agradece, beija a porta e tudo mais...

Sei lá se fiz bem ou não...
Mas tá funcionando!

E a promessa será cumprida no próximo domingo...
Cartela cheia = passeio a escolha da pequena!
E ela escolheu: Zoológico de Goiânia!

Então, Sr. Leão, Dona Zebra, Sr. Macaco e Dona Girafa... Aí vamos nós!!!
Aguardem, porque uma menininha linda e educada está pra chegar... hahahahahahaha...

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Birra em dose dupla!

E Helena faz birras... Em proporção gigantesca!
Cadê minha menininha doce? Minha menininha compreensiva? Cadê???
Semana passada, fez uma cena no shopping, que nem sei explicar...
Só sei que teve platéia. E das grandes...
Quase me matou de vergonha... E de tristeza!
Sim, sou exagerada!
Sou dessas mães que assiste a uma birra já se perguntando: _ Onde foi que eu errei meu Deus???

Tá...
E nesse dia, só não perdi o controle porque papai me fez respirar...
Mas rolou conversa no canto do banheiro do shopping, rolou bronca, gritos em casa (que feio né? mas escapou, fiquei nervosa demais!) e rolou castigo...
Brinquedos favoritos confiscados por alguns dias... Até merecer que cada um voltasse a frequentar o quarto.
Filmes confiscados...
Enfim! Tentamos castigar, sem exageros...
E funcionou... Pelo menos, por enquanto!!!
Ela passou os dois primeiros dias tentando nos vencer pelo cansaço, mas tem se acalmado a cada dia...
Vamos ver até quando!!!

Enquanto isso...
Emanuel começou a andar...
Aiiiiii... Que lindo!!!
E tá todo conversador...
Babaaaa (é papai)... Meeee (é meia)... pepé (pé)... Esse (é esse, mostrando para meu peito, quando quer mamar)... Enena (Helena, mas costuma chamá-la mais de tatá)... E por aí vão as fofurices...

Mas já faz birras... Acho que está aprendendo direitinho...
E não sei como lidar!
Deixo chorar... E ele chora sentido... Me olha com cara de piedade... Morro de dó!
Mas fico firme! Quase sempre!!!

E se as birra são simultâneas??? Juro que tenho vontade de sumir no mundo... Respiro fundo e tento esperar pra ver qual vai para primeiro...
Mas confesso: tem dias que minha birra é maior que a deles... hahahhahahaha.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Concluí...

Depois de 15 dias de férias na "Nosssa Terra", lá em Orlândia, concluí que...

1) Morar longe é bom e ruim...
Explico...
Estar perto da família é muuuuito bom...
E da minha, especialmente...
Eita povo animado e festeiro viu?!?!
Ficar perto da minha mãe então, é melhor ainda...
Nossa, perto da minha mãe sinto que respiro de verdade, sabe?
Tá...
Mas poder estar longe de alguns problemas e chateações é "bão" também, confesso!

2) Por maior que seja a distância, os priminhos sempre vão se amar... E se curtir... E a saudade só vai fazer a farra do retorno aumentar... E é uma delícia!!!
Ver Helena brincando com os primos, grudadinha, foi muito legal! Emocionante mesmo!!!
Mas melhor ainda, foi ver a paixão que descobriu pela prima Nina (filha do irmão gêmeo do papai)... E como elas têm praticamente a mesma idade, as brincadeiras rolaram de igual pra igual... Como se convivessem desde sempre... Uma fofura!
Agora, a saudade tá machucando o coraçãozinho dela! Na verdade, delas!!!
3) Concluí que ter amigos de verdade, enche o coração de uma felicidade sem tamanho... E eu tenho!
Amigos que nem o tempo, nem a distância são capazes de afastar.
E os amo viu?!?! De verdade!

4) Sempre tive o péssimo hábito de passar por cima das minhas próprias vontades pra agradar as pessoas que gosto... E sofria... Quase sempre!
Parei! Não adianta nada... Sempre acabo, de alguma forma, desagradando alguém...
E acabo sofrendo em dobro...
Então decidi agir sempre segundo a minha própria vontade!
Melhor assim...
Eu acho...

5) Concluí ainda que tenho filhos lindos (eu já sabia disso, hehehe) e um marido super gente boa (e lindo também hehehe)...
Mas NÃO tenho uma vida perfeitinha e toda arrumadinha, como muitos pensam... Dessas igual em novela sabe??? Hahaha...
Afff... Esse é meu sonho!
Tenho defeitos... Meus filhos e meu marido também...
Tenho problemas, muitos! A maioria deles, existenciais... Hahaha... (Sou toda problemática, insegura e neurótica! Sim, já aceite a idéia de fazer terapia... Logo começo...)
E se não os exponho, é porque eles não são os maiores donos da minha atenção... E quando são, tento colocá-los com bom humor...
Ou os divido para pedir socorro mesmo!!!
Sei lá...
Não quero ficar lamentando... Gosto de registrar e dividir coisas boas...
E não tô tentando mostrar uma vida lindinha e perfeitinha...
Essa seria uma vida de mentira...
Só tô tentando ver a vida de uma forma mais leve... Só isso!

6) Ah! E por falar em coisas boas... Minha mãezinha fez os exames e está Óóóóóóótima!!!
Obrigada viu Papai do céu?!?!

7) Não sou a melhor mãe do mundo... E juro que nunca pensei que fosse, mas sempre desejei ser!!! Mesmo sabendo que é muuuuuito difícil...
Acho que a maioria das mães quer, né?
Estou sempre me esforçando pra dar o meu melhor, mas acabo sempre me deparando com meus erros, minhas dúvidas, meus medos e minhas neuroses... Ah! E meu cansaço!!!
Não adianta gente, ser mãe é a tarefa mais difícil do mundo! Certeza!!!
E estou em crise existencial por isso...
Juro!

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Helena na escuta...

E se tem conversa com Helena na escuta, tem pérola!
Essa semana, enquanto eu organizava a cozinha (em pleno feriado), Helena mamava na sala e Emanuel brincava com as panelas que ia tirando do armário...
Emanuel caiu... Tombinho à toa... Mas chorou meio dengosinho...
Então falei brincando com ele:
_ Levanta filho! Força! Não precisa chorar... Você é homem ou saquinho de pipoca?
E Helena...
_ Eu quero também mamãe!
E eu...
_Quer o quê filha?
E Helena...
_ Pipoca... Eu quero o saquinho de pipoca igual do irmãozinho tá?

Xiiiiii filha, você pegou o bonde andando...

Em outro momento...
Papai e mamãe conversam... Sonhando com a possibilidade de fazer uma casa nova, um pouquinho maior e coisa e tal, idealizando como seria...
No meio da conversa, surge Helena...
_Papai, eu quero a nossa casa nova rosa bem lindo tá? Rosa pink e rosa caro (claro).

Ah tá filha, vai ficar linda!!! A sua cara!

E tem muito mais...
É só passar um dia com ela que a diversão é garantida...

Diversão garantida ou o seu dinheiro de volta!

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Aos avós...

E nesse dia dos avós, não dá pra não me emocionar...

Me emociona ver que Helena e Emanuel estão tendo uma chance deliciosa de curtir 4 avós maravilhosos...
E é uma pena ter que conviver com a distância e a saudade...
Mas quando estão por perto, o carinho é grande.
E a farra também!

Cada um à sua maneira... Cada um ao seu estilo... Cada um com seu dom... E sua intensidade... E sua realidade...
Mas todos com a mesma gostosura que só os avós tem!!!

E adooooooro ouvir a Helena (pq o Emanuel ainda não fala) dizer que quer ver o vovô ou a vovó...
Paixão das braba!

Feliz Dia!!!
Vovó Tininha, vovô Martins, vovó Malelena e vovô João Carlos!!!
Tenho certeza que nossos pequenos sempre amarão vocês e serão gratos por todo o carinho...
E nós também viu?

sábado, 30 de junho de 2012

Ainda sobre o desmame... Que não rolou!

Definitivamente um filho não é igual ao outro, né???
E por aqui, nada é igual! Nadinha mesmo!

Quando iniciei o desmame com a Helena, ela rejeitou a mamadeira... Mas depois de umas 4 semanas, acabou aceitando... E continuou no peito... E aos poucos conseguimos fazer com que o desmame fosse gradativo e tranquilo...
Helena mamou no meu peito pela última vez com 1 ano e 3 dias!!! E me lembro bem desse dia!!!
Senti saudade. Mas fiquei feliz com o processo todo.
Nada de frustrações, nem arrependimentos...
Fiquei muuuuito orgulhosa! hehehehe...

Então, no auge do meu otimismo, achei que com o Emanuel seria igual!
Balde de água fria!!!

Comecei a tentar há cerca de uns 2 meses...
E um dia, com  a ajuda do papai, ele mamou uma mamadeira quase cheia... (na verdade 150 ml).
Em seguida quis o peito... E mamou só pra dormir...

E os palpites começaram...
Tira o peito dele, senão ele nunca mais vai largar...
Nossa, esse menino tá muito dependente de você, tira ele do peito...
Ele tá fazendo seu peito de chupeta...
E blá blá blá...

Confesso que comecei a enchergá-lo, com uns 7 anos, mamando no meu peito em pleno portão da escola... hahahahahahahahaha...
Afff..
E comecei as tentativas!
Mas no fundo não queria de verdade...
E a cada recusa meu coração se enchia de certeza que ainda não era a hora...

Mas no último mês as recusas começaram a me preocupar e procurei ajuda especializada...
A médica foi no ponto!
Mãe, você não quer desmamar seu filho... Se quisesse já o teria feito de qualquer maneira, sem minha ajuda...
Você tem dúvidas certo?
Então te explico...
A grande maioria das crianças que mamam exclusivamente no peito por 10 meses ou mais tendem a rejeitar a mamadeira... Algumas recusam até o leite!
Se você estiver decidida, terá que dar o leite no copo mesmo... Ou vitamina batida com frutas...
Mas pode ser que ele passe a beber menos leite do que antes... E aí você terá que introduzir o leite na alimentação dele de outras maneiras...
São raras as crianças que mamam por tanto tempo só no peito e de repente, como mágica, aceitam uma mamadeira... Seu filho é parte dessa maioria que quer continuar no colinho da mãe...
E quer saber mãe? Ele está certo! Tem coisa melhor?
Se você ainda quer continuar amamentando e tem tempo pra isso, meu conselho é que continue... Esquece os palpites!

E é o que decidi fazer!
Esquecer os palpites... Vou amamentar meu pequeno enquanto ele quiser e eu achar conveniente...
Tô com um tanto de leite...
É barato, é saudável, é prático e é muuuuito bom, né filhão???
Então pronto! Quando você for pra faculdade eu desmamo...
hahahahaha...

E estamos todos felizes com a decisão!!!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Notícias

E essa sensação de que o tempo não é meu amigo ainda está aqui! E grita!!!
Meus dias não têm 24 horas! Certeza!
Devem ter umas 4 ou 6 hros, no máximo!!!

E as birras do Emanuel ainda continuam... Menos irritantes, mas continuam...  E já nem sei se é ele que tá pegando mais leve ou se eu já tô me acostumando...

E continuo nos preparativos para a festa de 1 aninho do meu filhote, que será dia 08/07, lá na nossa terrinha (Orlândia)!!! (Eeeebaaaaa!!! Não vejo a hora!)
E como só "faço arte" quando meus filhotes dormem, tenho estado meio sem tempo pra vir aqui no blog... E sinto falta quando não venho!

Comecemos então...
Na última semana, vovó Tininha e vovô Martins estiveram por aqui!
Só 4 dias! Mas de muita bagunça e mimos...
Que farra boa!!!
Emanuel aprendeu com a vovó a dar beijo na bochecha e beber de canudinho... E bebeu água de côco até não caber mais!!! E tá se achando com tanta independência...
Vovô levou Helena no cinema... Madagascar 3 (já tínhamos levado, mas com vovô é mais legal né?) Pipoca, óculos 3D, vovô empolgado, Helena emocionada e nós apaixonados com tanta cumplicidade!!!
E com vovô e vovó por aqui, Helena nem queria saber de mim...
Banho, xixi, cocô, papá, gugu (mamadeira), brincadeiras... Tudo era com eles!!!
E foi aquele chororô a hora da despedida... Drama de novela mexicana!!!

E por falar em novela...
O desmame do Emanuel desandou de vez!!!
Desisti!
Concluí que o melhor é ele continuar mamando na mamãe mesmo... É mais prático, mais saudável, mais barato e nós dois ficamos felizinhos!!! Pronto e ponto.
E esse assunto vou deixar para o próximo post...

E é isso...
E lá vou eu buscar minha linduca na escola... E espiar um pouquinho o ensaio da quadrilha da festa junina!!! hehehehe...
Até!

Aproveito para pedir:
Votem na tia Dani por favor...
É só entrar aqui, curtir e votar!!!
Tô com uma lista de presentes de NY que quero muuuuito!!!
hahahahaha...
Votem!
yourlimetree.offerpop.com

domingo, 10 de junho de 2012

Existe?

Será que existe Santo protetor das mães de filho birrento???
Tô precisando da imagem dele...
Da oração dele...
E até de uma medalhinha!
Quem sabe se eu pendurasse uma medalhinha na roupa do Emanuel?!?
Será que ele se livraria disso?

Já viram aqueles episódios da Super Nanny que tem sempre uma criança que é meio "sombra" da mãe???
Desses que vão com a mãe até pro banheiro, gruda na roupa e chora horrores quando ela sai do alcance dos seus olhos... Já viram? Sabem como é?
Pois eu sei!
E tô achando horrível!!!
Emanuel mergulhou no mundo das birras...
E elas estão ganhando uma proporção jamais experimentada por essa mãe e esse pai (ambos acabadaços)...
Até a Helena anda meio cansada das birras do irmãzinho...
Quando ele começa, ela cruza os braços e balança a cabeça com desaprovação... (e isso é engraçado, devo confessar).

E se papai me abraça, ele faz cara feia...
Se Helena vem pro meu colinho... Birra carente!
Se ganha um NÃO... Birra sofrida!
Quando tiro do banho... Birra molhada!
Quando troco a fralda... Birra pelada!
E se alguém ameaçar pegá-lo do meu colo, ele empurra a mão, resmunga e gruda em mim com todas as suas forças... Seria bonitinho se fosse só de vez em quando!!! Mas não é.

E será que vai passar?
Vai né Deus???
Torcemos pra isso...
E meus vizinhos também! hahahahaha...


sexta-feira, 25 de maio de 2012

Emanuel - 1 ano!!!

É hoje filho!!!
Há 1 ano você chegava em nossas vidas...
E a vontade era tão grande, que decidiu chegar um pouquinho antes, né?

Há um ano, com apenas 36 semanas de gestação, papai e mamãe corriam pra Goiânia...
Rindo e chorando...
Temendo pela sua saúde, mas ansiosos pela sua chegada!

E você nasceu!!!
Um garotinho liiiindo... Branquinho... Magrinho... E com um choro forte!
E ficou algumas horas sendo observado bem de perto...
Mas corajoso, “quis” logo ficar ao lado da mamãe no quarto...
E nos tranquilizou...

Há um ano você nos mostrava que é possível sim amar outro filho com a mesma intensidade... E como é grande nosso amor por você filhinho!!!

Há um ano você nos mostrava que toda felicidade pode ser ainda maior!
E agora é!

Mostrava-nos que ter fé é esperar... E alcançar...

Que a casa com rosa e azul ficaria ainda mais linda!
E ficou!
E agora nos divertimos entre bonecas e carrinhos... Uma delícia!!!

Ensinava pra mamãe que menino faz xixi pra cima...
E mama muuuuuito mais...

Ensinava ao papai que dividir a mamãe com outro “homezinho” nem é tão ruim assim...

Ensinava que o cansaço não derruba... Fortalece!

Ensinava que o tempo é impiedoso... E passa! Rápido demais...

E que EMANUEL é mesmo a certeza de que “Deus está conosco”!!!
E por isso papai escolheu esse nome!

Você é um menino lindão!
Simpático... Grudento na mamãe... Tranquilo... Preguiçoso... Guloso... Saudável... Malandrinho... Brincalhão... Arteiro... E muuuuuito amoroso!!!

Filho...
Que você tenha uma vida longa e feliz...
Para continuar nos ensinando mais e mais e mais...
Feliz Aniversário!!!!!!!!!!!!!!!!!
Amamos você de todo o nosso coração!!!
Obrigada por cada sorriso, cada choro, cada noite em claro, cada "arte", cada febre... Obrigada por nos escolher!!!
Beijocas da mamãe, do papai e da irmãzinha Helena (a tatá).



terça-feira, 22 de maio de 2012

Então...

Então que o Dia das Mães foi uma diliça!!!
Festa liiiinda e cheia de magia na escolinha da Helena...
Filhota arrasou no modelito mulher maravilha!
Fez mamãe chorar e tudo mais (tudo conforme o figurino... hehehe).
Domingo cheio de carinho, dos filhotes e do papai...
Café da manhã gostoso, com canecas personalizadas e fofas (com fotos: mamãe + filhotes), surpresa preparada pelo papai lindão!!!
Presente bacana... Post fofíssimo escrito aqui no blog... Almoço gostoso... Tudo lindo!

E começar a semana assim é bom, né?
Dá até mais ânimo...
Mas juro que não sei pra onde foi todo meu ânimo...
Ando acabadona! Cansadona!!!
E então esta semana voou e eu nem comecei os preparativos pra festa do pequeno...
Aliás, a festa precisou ser adiada, e só acontecerá em julho... AINDA!
Motivo: sou subalterna! Devo obediência ao meu patrão!!!
Então, vamos esperar minha alforria... hahahahaha...

O fato é que, já que decidimos comemorar em Orlândia, ao lado da família, terei que esperar minhas férias... Fazer o quê, né? Ser pobre dói! E muito... hehehehe...

Mas vamos comemorar aqui também! Claaaaarooo!!! Nosso garotão merece!!!
Um almoço modesto! Mas com bolo e velinha e parabéns e balões e muuuuuita alegria!!!
E amanhã começo a colocar a mão na massa... JU-RO!
E adooooro preparativos...

Quanto à duplinha dinâmica...
Helena tá cheia de "falas" inéditas... Uma figura!
A última foi me perguntar de que seria a festa do irmãzinho...
E quando respondi que seria de carneirinhos, ela disse:
_ Aaaahhhh nããão mamãe... Tem que ser do Ben 10!!! Eu acho mais melor...
Fofa né?
É... Mas vamos de carneirinho mesmo.
Ainda preciso de um tempo pra me acostumar com Ben 10, Homem Aranha, Batman e tudo mais... Estou muito envolvida com a Chapeuzinho, Barbie, Princesas e coisa e tal...

E por falar em irmãozinho...
Emanuel não me deixa dormir uma noite toda há quase 6 meses...
Já me aconselharam a deixá-lo chorar por um tempo, mas nem arrisco, senão ele acorda a Helena, e aí a coisa desanda... E muuuuito!
E o desmame?!?! Esse sim DESANDOU!!!
Quando eu achava que tudo aconteceria de forma gradativa e tranquila, eis que o "ser" decidiu rejeitar a mamadeira...
Posso?
Aceitou uma num dia, e no outro fingiu que não a conhecia... Muito estranho!
Começo a achar que vamos precisar de ajuda...
Não tô sabendo como agir...
Queria que acontecesse aos poucos (como foi com a Helena)... Mas do jeito que ele tá manhoso, acho que o negócio vai loooonge!
Não tô com pressa ainda, mas já começo a ficar preocupada...
Tô aceitando dicas e conselhos...
Só não vale pedir pra eu passar algo com gosto ruim no meu peito, porque não tenho coragem... Tadinho! É muita crueldade, né?

E é isso...

domingo, 13 de maio de 2012

Do Papai para a Mamãe

Ara...
Este dia é todo seu.
Desejo que você continue a ser esta super mamãe, amorosa, carinhosa, dedicada e inigualável...
Você, mais do que ninguém, almejou o dom de ser mãe, e tem superado todas as adversidades para sempre proporcionar o melhor para os nossos filhos.
Eu e nossos filhos temos  muitas razões para  nos orgulharmos de você... Tantas outras para te amar...
E mais um milhão de razões para desejar um dia (e uma vida) super feliz, pois você é, e sempre será, a melhor Mãe do mundo...
Te amamos muito!
Feliz Dia das Mães...
Papai (Paulo) , Helena e Emanuel.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Amigo famoso...

Ontem fomos almoçar no restaurante "Chão Goiano", e lá um senhor muito simpático nos abordou, encantado com o sorrisão do nosso Emanuel...
Acabou ficando também "amigo de infância" da Helena, nossa conversadeira linda de plantão! hehehe...
Conversamos longamente (ele, papai, Helena e eu) ... Como se já nos conhecêssemos de longa data...
E em um determinado momento da conversa, mamãe aqui, muito desconcertada por não lembrar de onde conhecia aquela pessoa, perguntou:
_ Desculpa perguntar, mas o senhor é pai de algum aluno meu? Eu sinto que te conheço e não consigo me lembrar seu nome...

Sorridente, ele respondeu quem era...
Esse senhor, muito simples e gentil é o ator e comediante Otávio Mendes,  o Valmir da "Praça é Nossa"!!!
Sim... Fiquei sem graça...
Sim, sou meio "rateira"... E ele percebeu...
E sim, fiquei exibidinha vendo ele sentado na nossa mesa bajulando minhas crias...

E já o avisamos... Não conhecíamos seu trabalho, mas ele acaba de ganhar 4 novos fãs, tamanha humildade e simpatia...
O mundo precisa de mais pessoas assim...
Ah precisa viu?
Olha que delícia de carinho!




E agora a Helena já pergunta:
 _ Cadê meu amigo?
E nós respondemos:
_ Na televisão filha... Agora só na televisão!!!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Helena escrevendo

E já que sou mãe...
E mãe é coruja!
E gosta de registrar...
Aqui tá o registro da nossa pequena Helena escrevendo...
Com apenas 3 aninhos.

É só soletrar que ela escreve...
T de Talita, I de Isabela, e assim por diante...
Simples assim...
Mágico assim...
Lindo assim!!!

E os nomes escolhidos por ela hoje, durante o banho, olhando para as letrinhas coladas do blindex, foram Tininha e Martins... Nome dos avós maternos!

Se eu babo???

Demaaaaaaaais!!! hahahahahaha...
E como não babar, né?

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Muitas novidades dos pequenos...

Na última sexta-feira teve a entrega das atividades do primeiro bimestre da escolinha da Helena...
E um papo individual com cada responsável, seguido da entrega da ficha avaliativa de seus respectivos rebentos...

E fui, toda serelepe para a reunião!
E quando peguei a pasta me coloquei a "babar" e pensar... E pensar... E lembrar... E chorar...
Chorei por lembrar que há bem pouco tempo minha menininha chorava no meu colo porque não queria ficar na escola...
Chorei porque ela não sabia nem falar direito...
Usava fraldas...
Não sabia pegar no lápis com a técnica do "bico de pato"...
Era meu bebê!!!

E agora, ela já escreve o próprio nome...
O nome do papai...
Da priminha Nina...
Reconhece TODAS as letras e cores...
Reconhece os números de 1 a 25, mas ainda não conta na sequencia certinha ("casa de ferreiro o espeto é de pau")...
Reconhece os nomes de todos os colegas da sala...
Reconhece todas as formas geométricas ensinadas... Pinta direitinho "dentro"...
Desenha lindinho... Com olhos, boca, nariz, cabelo e tudo mais...
É simpática com todos os colegas e funcionários...
E me enche de orgulho...
Meu bebê agora é mocinha linda!

Ah! Teve um detalhe importante na conversa entre a "prô" Renata e eu...
Helena conversa muuuuito durante as atividades... E precisa diminuir essa conversa, alertou a "prô"...
Nem imagino a quem ela puxou!!! JURO!!! hahahahahaha...

A criatura conversa mesmo gente!!!
Tudo quer explicar e argumentar...
E é boa nisso!!!
Tio Zé Luís esteve aqui em casa ontem, com a família, de passagem, voltando para o Tocantins...
E só deu Helena...
Não teve pra ninguém!
E nem adianta pedir pra ela dar uma maneirada na conversa...
Ela gosta mesmo é de um bom papo!

Mas é um doce! E isso é indiscutível!!! hehehehe...

E quanto ao nosso pequeno Emanuel...
Tá lindão! E cheio de malandragem...
Hoje aceitou uma mamadeira, pela primeira vez!
Quis o peito em seguida... Mas mamou a mamadeira, já é um começo!
Não vou desmamá-lo ainda... Não quero!
Mas a mamadeira agora fará parte de sua vida!
E hoje também aprendeu a ENGATINHAR...
E isso sim merece um VIVAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!
Demorou mas finalmente ele aprendeu!!!
Agora ele ganha liberdade...
E nós, perdemos o sossego!!!
Sim minha gente, o pequeno é muito mais arteiro do que imaginávamos!!!
E tá todo se achando importante...
Não pára um minuto de explorar a casa!
Mas tudo bem! Faz parte do pacote né???
E é muuuito gostoso!!!


domingo, 22 de abril de 2012

Que orgulho!!!

E esta semana Helena foi a "ajudante" da professora. Ela e um coleguinha!
Não foi a primeira vez... Acho que existe uma escala a ser seguida. Ou algo do tipo...

Só sei que ela sempre me conta quem foi o ajudante... E quando é ela, conta ainda mais empolgada...

Mas enfim...
Em meio às "inúmeras" tarefas do ajudante, existe o momento de oração, que parece anteceder ao lanche...
E é tarefa do ajudante puxar a oração, ajudado pela "prô".
E então, soube que Helena puxou a oração...
E o que deveria ser apenas um: Papai do Céu. obrigada pelo lanchinho e por todos os nossos amiguinhos... Se transformou na seguinte oração:
_ Papai do Céu, obrigado pelo lanchinho, pelos amiguinhos, pelo meu papai, pela minha mamãe e pelo meu irmãzinho Emanuel... Cuida deles tá bom Papai do céu?!?! Obrigado!!!

Chorei... Beijei, abracei, apertei... Chorei de novo...
E concluí que isso sim é um motivo justo pra gente se orgulhar né papai???

Riqueza das nossas vidas...

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Hora de jantar...

Quando chega a hora do jantar aqui em casa, é uma contradição total!

Pra começar, o horário do jantar das crianças é sempre entre 18 h e 19 horas, horário em que papai ainda está no consultório...

Então, mamãe aqui tem que rebolar... SOZINHA!

Helena chega cansadona da escolinha!
Tomar banho!
Tomar água! Ou suco!
Ela quer brincar!
Ele também!
Ela de uma coisa...
Ele da coisa que ela estiver brincando e que, geralmente, não dá pra ele brincar... (pecinhas muito pequenas e coisa e tal)
Ela não quer comer!
Ele quer muito!

Chega a hora do sufoco...

Coloco Emanuel na cadeira de papa perto de mim na cozinha... Ou, o deixo brincando no chão da sala... (depende de quê ou com o quê Helena está brincando no momento... hehehehe)
Arrumo a mesa e sirvo os pratinhos (dos dois)...
Chamo Helena...
Ela pede pra esperar um pouquinho!
Começo a dar a comida do Emanuel...
Ele não quer esperar nem um pouquinho!
Chamo Helena novamente...
Nova recusa!
Conto até três (alto e pausado... Tem funcionado viu? hehehe)...
Ela vem! E enrola pra comer...
Diz que não quer! E que quer só o "gugu' (mamá)...
E enquanto converso tentando convencê-la, Emanuel grita (muuuuito alto)! Não quer esperar...

_ Come um pouquinho só filhinha!!! Mamãe vai ficar tão feliz!
_ Espera só um poquinho Emanuel!!! Mamãe já vai!

E assim segue por um tempinho...

Helena come umas 4 vitoriosas colheres...
Emanuel "rapa" o prato e ainda se joga em direção à comida da irmã...
Fico mais 15 minutos tentando fazê-la comer um pouco mais... Enquanto Emanuel grita mais ainda... (Os vizinhos devem achar que torturo meu filho!)
Ela não come mais... (geralmente o resto é meu!!! rs)
Escova os dentes...
Vai brincar ou ver o desenho...
E eu vou dar banho no Emanuel, que já quer mamá (de sobremesa)...

Emanuel mama, agarrado ao meu cabelo...
Helena pede "cólo"...

Papai chega!
As crianças vibram...
E eu respiro!!!!

sábado, 14 de abril de 2012

Emanuel e a amamentação...

Quando Helena estava com cerca de 8 meses, ainda mamando exclusivamente no peito, algumas pessoas falavam que ela daria trabalho pra desmamar... Que já mostrava estar meio dependente de mim, do peito, e blá blá blá... (Como tem gente palpiteira nesse mundo, né?)


O fato é que nessa época eu, mãe de primeira viagem, fiquei preocupada...
Na verdade, apavorada!!!
Comecei a enxergar Helena puxando minha blusa, no meio de um churrasco com amigos, tirando meu peito pra fora e mamando, com seus 4 ou 5 anos de idade... hahahaha...
Tive até pesadelo com isso!!! Juro!!!

Foi nessa época que começamos a apresentar a mamadeira pra ela... Sem grandes resultados!
Levou mais ou menos 3 semanas até que ela aceitasse uma, mas quis meu peito em seguida... (e eu amava isso, confesso!)
Acabou que, por conta do meu desespero e insegurança, ela largou o peito, com 1 ano e 3 dias!!!

E me arrependi! Muito!!! Queria ter amamentado mais...


E agora, com o Emanuel perto de completar 11 meses, começamos de novo (papai e eu) a nos questionar se ele não estaria ficando dependente demais de mim?!?!

Será?!?!?!
Ele é um grude!
Quando me vê fica agitadíssimo... E ninguém mais serve pra ele...
Me sinto a última azeitona da empada! haha...
E esse garotinho mama pra caramba viu?
Sem horários fixos... Quando tem vontade... (o que acontece umas 5 ou 6 vezes ao dia)
E já tá mamando muito durante as madrugadas... (tenho até levado ele pra minha cama pra mamar enquanto durmo um pouquinho... Nunca pensei que fosse fazer isso... O cansaço me venceu!)

E ele nunca experimentou uma mamadeira...
Mas quando vê a irmãzinha mamando, grita pedindo...
Então, decidimos (por sugestão do papai que quer me ajudar com as mamadas) dar uma mamadeira esta semana, e ver o que ele faria...
Assim...
Sem stress... Sem cobrança... Sem medo...
Mentira!
Eu fiquei mal com essa decisão...


Tá... Mas vamos tentar, pensei...
E ele mamou... Cerca de 1 ml... hehehehehe... Não quis nem saber mais!!!
E eu amei, é claro!
Até porque, confesso que a idéia de vê-lo puxando minha blusa, no meio de um churrasco, e mamando, já não me assusta mais!!! hahahahahahahahahaha...

Continuo então sendo a última azeitona da empada... hahahahaha...
Pelo menos pra ele...



Nossa pediatra fala uma coisa muito sábia:
O desmame não está no peito da mãe... Está na cabeça e no coração...

Então meu filho, você ainda vai mamar na mamãe por um bom tempinho tá??? Quando eu achar que estamos prontos, conversamos ok?

Até porque, em time que está ganhando não se mexe...
E você filhote, tem uma saúde que dá até gosto!!!

Então tá decidido, só desmamo meu pequeno quando ele arrumar uma namorada... Brincadeirinha!!! hehehe...

terça-feira, 10 de abril de 2012

Sobre a festa...

Na verdade, as festas...
Conforme já explicado, fizemos duas comemorações de 3 anos pra nossa Helena!
E as razões também já foram devidamente explicadas...
Talvez por tudo isso andei meio sumida...

A primeira festinha foi aqui na nossa casa (dia 25/03), e a outra na casa da tia Gina (06/04)...
E foram deliciosas...
Aqui na nossa casa Helena recebeu os amiguinhos numa alegria só...
A organização ficou por conta dessa mamãe que vos escreve (hehe), do papai e da vovó Malelena...
E rolou pipoca, bolo, pula-pula, docinhos da vovó, salgadinhos, cachorro quente, vídeo-emoção feito pelo papai, farra e tudo mais... E até a Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau vieram...
Helena não se cabia de felicidade...
Mostrava tudo na mesa e dizia pras amiguinhas: _Olha, minha mamãe fez pra minha festa!
E não parava de dizer: _ Brigada mamãe!!!
Me realizei... Fiquei suuuper orgulhosa!
Pausa para um comentário:
Vale lembrar que contei com a ajuda de uma criatura lindona e doce que conheci a pouco tempo... A Elciana! Ela faz personalizações incríveis!!! É super criativa e muito generosa!!!
Tenho feito um milhõa de indicações pra ela!!! ADOREI!!!
E voltando ao meu momento prendada...
Mamãe aqui se descobriu super na função "decoradora de festas dos filhotes"... E jura que tá abalando! hahaha...
É minha gente, tô super prendada...
Agora vou cuidar sempre das festas das minhas "crias"... E já tô me deliciando com os preparativos do primeiro aninho do meu pequeno...

Bom, foi tudo muito simples, mas muuuuuuito gostoso!!!
E ficou tão bom e tão prático, que decidimos repetir a dose todos os anos...
E o bolso do papai agradece!!! hehehehe...

Já a festa na casa da tia Gina foi um pouco mais chicosa (com a tia Gina por perto, sempre é...) e rodeada de família (não toda ela, pq é difícil)...
Mas até a tia Lívia foi!
Mas o melhor de tudo foi comemorarmos ao lado da vovó Tininha... Que tá toda lindona!!! E positiva com o tratamento...
E a comemoração foi em dose dupla - Helena e o primo João Francisco!
E foi uma delícia!
Muitos brinquedos, doces da vovó Malelena (outra vez), bolo delicioso da Maria (não sobrou nadinha), salgadinhos da mãe do tio Ernani, janta do tio Dri (huuummm), decoração da tia Gina e Fabi, e toda ajuda de sempre da madrinha Dal e da vovó Tininha com todos os detalhes...
Diversão pura!!!

E agora, estamos aqui já planejando a próxima... Que será do nosso garotão!!!
E será logo...
Daqui a pouco chega!
Meu bebezinho já tá um rapazinho...
Um aninho já!!!
Por que passou tão rápido???



Ah! As fotos...
Tão aqui!
Mas só as da festinha na nossa casa...


segunda-feira, 26 de março de 2012

Helena - 3 anos


É hoje filha...
Há exatos 3 anos você chegava e mudava pra sempre nossas vidas...
Há exatos 3 anos você preenchia um vazio enoooorme... Vazio que nunca mais reapareceu...
Há exatos 3 anos você nos trazia a maior de todas as felicidades...
Há exatos 3 anos você começava a roubar minhas noites de sono...
Há exatos 3 anos você nos deu a opotunidade de conhecer o maior amor do mundo!!!

E muita coisa aconteceu desde então...
Mas foi nesse terceiro ano que você descobriu muita coisa bacana né?

Aprendeu a amar escola (espero que pra sempre)!
Aprendeu a reconhecer um monte de letras, nomes de amigos, números, cores, formas geométricas e até aprendeu a escrever o próprio nome!
Aprendeu que ter amigos é tudo de bom... E você tem muitos...

Mas o melhor de tudo: aprendeu o que é amar um irmãzinho...
E isso sim é bom demais né filha?

Desde que descobrimos que teríamos outro bebê, temíamos por sua reação ou sofrimento...
Mas a verdade é que você tirou tudo de letra...
Adaptou-se muito mais rapidamente do que prevíamos ou desejávamos...
Apaixonou-se perdidamente pelo irmão...
Adora fazê-lo dar boas risadas...
É carinhosa... Cuidadosa...
Está numa deliciosa fase obediente... (e espero que dure muuuuuito tempo)
É delicada, conversadeira e muito amorosa com o papai e a mamãe...
E quanto mais olhamos você e suas atitudes, mais nos orgulhamos de todos os sacrifícios que fizemos e fazemos...

E ontem papai fez um vídeo pra passar no seu aniversário... E você passou horas assistindo...
E juro que depois vou colocá-lo aqui, tá??? Hoje tô cansadona...

Filha...
Quando me deito e começo a rezar, peço a Deus que dê saúde e felicidade pro seu irmão, pra você e o papai...

E pra mim, peço só saúde... Pra desfrutar de toda essa felicidade que vocês 3 me dão todos os dias...

Obrigada!!!
E que Deus te abençoe todos os dias de sua vida!!!!!!!!
Te amamos do tamanho do céu, tá?
Mamãe, papai e irmão

segunda-feira, 19 de março de 2012

Sobre o aniversário...

Helena está prestes a completar 3 aninhos.
E hoje não vim só para falar do quanto esses últimos 3 anos foram deliciosos, intensos e cheio de novidades... Isso, todo mundo já sabe, né?
Hoje vim para contar um pouquinho sobre o aniversário que ela mesma escolheu!

Desde o ano passado Helena tem se mostrado apaixonada pela história da Chapeuzinho Vermelho... E isso inclui uma estreita amizade com o Lobo Mau e a Vovozinha.

Então, quando começamos a questioná-la sobre quantos aninhos faria (há uns 7 ou 8 meses), ela já começou a dizer que queria a festa da Chapeuzinho Vermelho.

Tema decidido e devidamente escolhido pela maior interessada!
Hora de começar a organizar a festinha...

Decidimos (papai e eu) fazer algo simples, barato e lindinho... Algo que a deixasse muuuuito feliz, mas que não nos deixasse muuuuito falidos... hahahahaha...

Tudo decidido... Salão reservado, decoração escolhida, detalhes em andamento, doces "encomendados" com vovó Malelena, flores em tecido "encomendadas" com vovó Tininha e tudo mais...
E vem a notícia...
Vovó Tininha doente... Cirurgia marada e urgente... Portanto, impossibilitada de comparecer na festinha da única netinha...
E essa mãe que escreve, triste, desanimada e muuuito revoltada...
Todos tristes e um tanto perdidos...
E uma idéia surge da pessoa mais serena e sábia dessa família... Papai!
_Vamos fazer uma festa mais íntima, com a amiguinhas dela, na nossa casa... Com brinquedo, cachorro quente, folia, bolo, docinhos, balão, Chapeuzinho Vermelho e Lobo Mau...
Depois, seguimos pra Orlândia, e faremos outra, mas ao lado da vovó Tininha! Não dá pra comemorar nada sem ela!!!

Pronto! Decidido!!!
Respirei...
E chorei...
De alívio por saber que ela (a vovó) comemoraria conosco esta data...
Por saber que minha pequena comemoraria ao lado dos priminhos...
Por saber que ela também comemoraria ao lados dos amiguinhos...
E, principalmente, por saber que tenho ao meu lado um homem com um coração gigante!!! Cheio de bondade, carinho e cuidado com a minha família!!! Um papaizinho doce, dedicado e um companheirão mesmo... De todas as horas...

E assim, comecei a organizar a festinha para os amiguinhos, que será aqui na nossa casa, no próximo domingo... Só mamães e filhinhos...
Hum... Festa em casa... Lembrou demais a minha infância...
E eu mesma vou decorar... E servir... E tirar fotos... E brincar...
Como minha mãezinha fazia!
E é claro que contarei com a preciosa ajuda do papai e da vovó Malelena, que já está a caminho!

Helena está tão feliz em receber os amiguinhos aqui na nossa casa, que acabou me animando um tantão.
Fiz um monte de fofurices!!! Já até me descobri artesã!
E tenho certeza que vai ficar tudo lindo... Com a cara dela...
E ela vai curtir com os amiguinhos...
E depois vamos comemorar com vovó Tininha e priminhos...

E vovó vai ficar boa!
Tudo isso vai passar...
E vamos nos lembrar desse tempo como algo distante... Muito distante! Sem tristezas!!!
E com uma certeza: o mais importante na vida é estar ao lado das pessoas que amamos!!!
E ser feliz!
E é o que nos comprometemos a fazer sempre...
E é o que temos feito!!!

sexta-feira, 16 de março de 2012

Cadê???

Cadê aquela menininha tão quietinha e "bichinho do mato"?
Helena tá toda solta, faladeira, independente e cheia de opinião...
Já escreve o próprio nome, reconhece váááários outros, dá mamá no peito pra bonequinha (essa é uma cena que merecia uma foto), cria histórias e brincadeiras e já até ganhou uma bronca da professora, em reposta à sua "independência"!!! (E eu quase morri de dó quando soube!)
Dorme e acorda tecendo elogios do tipo: mamãe, você tá tão linda hoje! Papai, você é tão lindão!
Pede tuuuudo o que vê... E entende quando escuta um: agora não filha, quando mamãe tiver um dinheiro a mamãe compra, tá? E já responde logo com um: tá bom, daqui três dias, né?

Cadê aquela menininha que deixava a mamãe escolher suas roupas?
Agora ela já sabe o quê combina com o quê... Mesmo que não combine muito!!! hehehehe

Cadê aquela mocinha que usava brinco, pulseira e tudo mais?
Ela agora tira todos os brincos... E só na semana passada, já perdeu três pares...

E as birras? Cadê? Até elas deram uma sumidinha!!! E acreditem, tô com saudade...
Mas sei que elas voltarão!!! Ah se voltarão... E eu conto aqui viu?

E aquele bebezinho de 2,5 kg e 49 cm???
Cadê???
Emanuel tá com quase 9,5 kg distribuídos em 78 cm de muuuuita gostosura e charme...

Cadê aquele menininho que só dormia???
Ele agora decidiu que vai acordar toda noite solicitando a mãmãmãmã...
E quando é uma vez por noite, tudo bem, mas quando esse número aumenta... Aí derruba mamãe e papai!!!

Cadê aquele garotinho quietinho e calminho?
Ai de quem tirar da mão dele algo que ele esteja curtindo muito... Escuta uns sonoros e bravos dádádádá...
Não pode ver Helena chorar que cai no choro também...
Se damos alguma bronca na Helena, ele nos dá bronca também...

E as birras? Cadê?
Ah! Estas já são companheiras do pequeno Emanuel...
O serzinho já sabe bem o quê quer e quando quer!!!

E cadê as 24 horas que toda pessoa normal tem em um dia?
E cadê a minha energia?
E cadê as minhas 8 horas de sono tranquilo?

Isso tudo já não me pertence mais!!!! hahahahahaha...

quinta-feira, 8 de março de 2012

Depois que tive filhos...

Acordo mais cedo...
Mais cansada...
E mais feliz!

Tenho pressa, muita pressa pra chegar em casa...

Durmo mal...
(E pensar que eu fazia propaganda do soninho do meu filhote... Affff...)
Ganhei uma dor terrível na coluna...
(Principalmente depois da chegada do Emanuel)

Recuso festas que jamais recusaria...

Planejo passeios que sejam bons pra eles...
Mesmo quando estou morrendo de vontade "daquela" choperia...

Me anulo...
Me canso...
Me estresso...
Peço pra Deus me dar força e sabedoria...
Continuo me anulando...
Continuo me cansando...

Descobri que não dá pra manter o controle e a paciência o tempo todo...
Mas aprendi a contar até 1000... (E é difícil!)

Desejo que "aquela" fase difícil passe logo...
Desejo que o tempo pare...

Babo nas "crias" o tempo todo...
Faço sacrifícios...
Sejam eles financeiros ou físicos ou qualquer outro que existir...

Planejo a "festinha" de aniversário com o maior carinho e amor do mundo...
Mesmo sabendo que será algo simples...
Afinal, pra mim, é o evento do ano!!!

Faço mil coisas ao mesmo tempo...

Aprendi a dar valor "ao que" e "a quem" merece...
Aprendi a estabelecer prioridades...
Aprendi a viver com menos... (menos dinheiro, menos tempo, menos horas dormidas...)
Aprendi até a cozinhar... (papinha, mas já é alguma coisa né?)

Descobri o amor maior do mundo!

Espero eles dormirem pra começar a trabalhar...
Fico até tarde organizando tudo...
E ainda me atrevo a escrever esse blog...
Na esperança que um dia eles leiam tudo com a mesma saudade que sinto de tudo que tenho vivido...
Uma saudade que dói!

sábado, 3 de março de 2012

E a vida segue...

Estou mais positiva do que nunca!
E quero agradecer a todos que estão me ajudando a acreditar na recuperação da minha mãezinha! Valeu!!!
E vamo que vamo...
Bola pra frente né não minha gente?!?!

Sobre "as crias"...
Há pouco mais de 20 dias, fomos para a consulta de 8 meses do nosso Emanuel...
E ao final da consulta, a pediatra sugeriu que nós o levássemos a um fisioterapeuta, pois acreditava que ele estivesse com um pequeno atraso motor, já que durante a consulta o pequeno preguiçoso se recusava a ficar sentadinho.
Ficamos surpresos e até meio chateados.
Conversamos (por telefone) com a Gabi (prima e terapeuta ocupacional - uma profissional das mais dedicadas que já vi) e ela nos apresentou uma cartilha com dicas e exercícios muito bacanas. Mas mencionou a importância de uma avaliação...

Então, esta semana decidimos levá-lo pra uma avaliação com a fisioterapeuta.
Só por desencargo de consciência sabe?
Diagnóstico: PREGUIÇA!
A fisioterapeuta disse:
_ É a natureza dele mãe! Ele é tranquilo e meio preguiçoso. Mas nada fora do normal pra idade...

Affff... Que alívio!

E vamos continuar com a fisioterapia (que ele adorou) e com os exercícios sugeridos pela Gabi (que são excelentes)!
E logo logo o senhorzinho preguiça vai estar engatinhando por aí...
Já está sentando e se projetando pra frente... Primeiro progresso!!!

Ah!!!
E enquanto eu exercitava meu pequeno, minha pequena Helena progredia na escolinha...
Quando fui buscá-la, na quinta-feira, as tarefas de sala estavam expostas no mural, ao lado da salinha, como acontece toda quinta-feira...
E também como acontece toda quinta-feira, Emanuel e eu começamos a procurar a tarefa da nossa princesa...
E lá, na folhinha do desenho, estava o cachorrinho com a língua toda pintada de vermelho, e logo acima o nome HELENA, escrito por ela mesma...
Isso mesmo minha gente! Quase morri de tanto orgulho...
Minha pequena sabida (com 2 anos e 11 meses) já aprendeu a escrever o nome dela.
E escreve sozinha! Uma lindeza!
A "prô" elogiou bastante e eu inchei ainda mais...
E já reconhece os nomes de todos os coleguinhas... E os números... E as formas geométricas... E as cores...
Ops!
Babei!!!
hehehehehehe...

E é isso aí...
Abraço pra todos!!!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Uma dor que dói de verdade!

Há tempos faço uso desse blog não só como "informativo" para a família que está longe, mas também como "diário"... Desses que usamos pra registrar e desabafar, sabe?

E tenho andado meio sumida...
Até tentei escrever antes, mas não consegui...
Só agora consegui juntar meus caquinhos e sentar diante do computador...
Tenho tentado dividir essa dor... Preciso dividir...
Mas tá difícil... Muito!

Minha mãezinha foi diagnosticada, na última semana, com Câncer na mama... E já vai ser submetida à cirurgia ainda esta semana (em caráter de urgência).

E não há nada que possamos fazer, senão rezar... Muito!
Então, é o que tenho feito!
Todos aqui em casa...
Helena já até conversa com o Papai do Céu e pede a ele que cure a vovó Tininha...
E não vou deixar de pedir um só dia...
E Ele precisa me atender!

Não aceito ver minha mãezinha sofrendo...
Ela é, e sempre foi, uma criatura tão doce...
Tão alegre...
Disposta...
Solícita...
Amorosa...

E ficaria aqui enumerando as várias virtudes dela, por horas e horas...
E juro! Não falo isso só agora, porque quem me conhece sabe da minha admiração e do meu amor... E todos que a conhecem sabe do que tô falando...

Minha mãe é dessas pessoas que nunca fala NÃO...
Tá sempre pronta a ajudar... A aconselhar... Ou a ouvir...
Nunca fala mal de ninguém, e se escuta alguém falar, sai de fininho...
É mega bem humorada... E muuuuito positiva!
É do bem!!! Total!

E sempre, sempre esteve presente na minha vida... Mesmo que de longe!
Não há um dia em que não nos falamos...

Ainda não digeri bem a idéia de ter que vê-la sendo submetida a um tratamento tão doloroso e cruel...
Mas se for pra ela sair dessa, tá valendo!
E ela vai sair! Tem que sair!!!

Peço a todos que nos acompanham...
Rezem!!! Muito! Por favor!!!

E quanto à você vovó Tininha...
Força aí viu?
Você sabe o quanto é importante pra nós... E pra muuuita gente!!! Muuuita mesmo!
Amamos você tá???

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Voltei...

Ando meio sumida...
E não é por falta de assunto.
É por falta de tempo mesmo!
E um cansaço sobrenatural!!!!!!!

Bom, mas vamos lá...
Notícias dos meus pequenos...

1) Emanuel já tá ficando malandrinho...
(Efeito colateral da visitinha dos avós - Malelena e JC - aqui em casa... hehehe)
Acorda no meio da noite e só a cama do papai e da mamãe é capaz de acalmá-lo!
E por conta disso, os donos da cama andam meio que destrúidos...

Além disso, nosso pequeno até já tenta conversar... (nada ao alcance da compreensão humana, mas tenta!)
Chupa o dedão do pé...
Dá uns gritinhos pra chamar a atenção...
E umas risadas deliciosas...

2) Mamãe aqui, completou 32 aninhos no último sábado! Vivaaaa!!!
E até queria dizer que com a energia dos meus 18 aninhos, mas tô mais pra 50 viu?
E em meio aos presentes e à presença dos amigos queridos, estavam meus maiores presentes: meus filhotes, meu maridão e minha mãe!
Siiiiiiiiim... Minha mãe veio passar meu níver comigo! E foi tudo muito bacana e animado!
Amei!
Como disse a Helena: _ A "féta" da mamãe tava muito divertida!

3) Helena voltou às aulas dia 01 de fevereiro...
E até entendeu que não é mais aluna da tia Si, e sim da tia Renata...
Mas não se desvinculou ainda...
Fala da tia Si, da Talita e da Luana com um amor e com uma saudade que dói no coração!!!

E hoje, quando viu a foto das antigas "prôs", não teve dúvida... Abraçou a foto bem forte e falou pra elas:
_ Eu gosto muito de vocês viu? Vocês "é" minhas amiguinhas tá bom? E eu tô com saudade! Mas agora minha "fessora" é a ..., a... Mamãe, como é mesmo o nome da minha "fessora" nova?
E eu chorei...
De dó...
Emoção...
Mas também de saudade...
E gratidão...
Porque estas três aqui embaixo fizeram uma enooorme diferença na vida da minha pequena!
E sei que elas sabem do meu carinho, mas nunca vou deixar de agradecer...


Adooooro esse quarteto...

Mas sei também que agora ela criará um novo vínculo com a nova "prô", igualmente competente... E muito carinhosa também!

E ela já tá amando a nova sala, as tarefas que vêm penduradas no crachá e os novos amigos...

Mas o que ela tá curtindo meeeesmo são as aulas de Ballet na escola... Agora, as terças e quintas terão um incentivo extra!!!

E é isso...
Abraço pra todos!!!

domingo, 29 de janeiro de 2012

E tá passando...

Eu sempre estive aqui.
Curtindo tudo de pertinho.
Tentando não perder nenhum lance.
Mas o fato é que sinto que tá passando rápido demais...
Sinto como se não estivesse vendo as coisas acontecendo...

Não explicar ao certo quando Helena começou a formular frases tão complexas, como:
_ Olha mamãe, o céu tá cinza, acho que vai chover...
Ou
_ Mamãe me dipupa... Não precisa fica triste comigo! A Helena é boazinha!
Ou ainda
_ Vovó, dá um jeito no seu cabelo... Ele tá feio! (Falando com a vovó Malelena... Quase morri de vergonha... E ela correu pro cabeleireiro!)

E fala assim... Quase sempre certinho... Com os "s" e "r" no lugar certo... Ou quase!
E eu adooooro vê-la falando errado... Principalmente quando é conjugação de verbo... Tipo: eu fazi, eu comei, eu pegui... E hoje ela soltou um _eu perdei meu brinquedo mamãe!

Minha menininha está uma mocinha já...
Não quer mais que eu a acompanhe ao banheiro. Só me chama na hora de limpar... hehehehe
Fica triste quando ouve notícias tristes...
Sente saudades que dá dodói no coração...
Ajuda o irmãozinho se levantar quando ele tomba no cercado...
Pede pra lanchar e até escolhe o que quer comer...
Escolhe as roupas e sapatos que quer usar...
Convida os amiguinhos do parque para brincar na nossa casa...
E guarda dinheiro no cofrinho para fazer sua festinha de aniversário...
Tá lindona e muuuuito esperta!

E tudo bem que dizem que não é bom fazer propaganda do filho, mas sou coruja mesmo, e arrisco contar que ela está incrivelmente doce e obediente... Só não sei por quanto tempo vai durar tanta obediência...

E o meu pequeno?
Já nem é tão pequeno assim...
Tá gritando uns mãmãmã que eu ju-ro que é mamãe!!!! hahahahaha....
Tá cheio de manias e mãnhas...
Continua muito bonzinho, mas já começa a mostrar que tá aprendendo direitinho com a irmã a arte de fazer arte.
Escuta a voz da Helena e dá deliciosas risadas...
Dá gargalhadas ao ouvir um apito...
Adooooora comer...
Já ganhou dois dentinhos...
E segundo a pediatra, é preguiçoso demais... Até hoje não consegue ficar sentado sozinho!

E amanhã, coisas novas virão...
E depois... E depois...
E vou continuar com essa sensação estranha de que o tempo é impiedoso!!!
E ele é!